Notícias | Carreiras, Profissões, Mercado de Trabalho e Cursos

Formados em cursos EAD e o mercado de trabalho

Postado em 17/11/2017 por UCAM POSONLINE

Formados em cursos EAD e o mercado de trabalho

Formados em cursos EAD e o mercado de trabalho

O EAD está ganhando mais espaço nas universidades e em treinamentos corporativos. Saiba como o mercado enxerga o ensino a distância!

Muitas universidades de renome estão oferecendo cursos superiores  a distância, o que prova que essa modalidade de ensino está ganhando cada vez mais espaço no meio acadêmico. Se você ainda tem dúvida sobre a importância de se realizar um curso de pós-graduação, clique aqui e saiba porque a especialização é necessária. 

De acordo com o Censo do Ensino Superior (2013), os universitários matriculados em graduações EAD já somam mais de um milhão de estudantes.

Atraídos pela flexibilidade de horários, comodidade, economia de tempo e mensalidades mais acessíveis, os estudantes que optam por essa modalidade muitas vezes moram em locais afastados dos grandes centros.

 Mas como os cursos de EAD são recebidos no mercado de trabalho?

 

Mercado de trabalho

Não se pode afirmar que o Ensino a Distancia está livre de preconceitos. Ainda há certa resistência em relação à eficiência dos cursos e à validade, tanto por parte das empresas quanto dos próprios alunos.

“A resistência já foi muito maior do que é hoje. As pessoas têm uma tendência para questionar o novo, e é difícil aceitar algo tão disruptivo”.

Pavlos Dias, gerente nacional de operações da Blackboard, empresa de tecnologia para educação.
Fonte: Guia do estudante.

Dessa forma, o reconhecimento e valorização dos cursos EAD no mercado será obtido de forma gradual. Mas para que esse processo aconteça é necessário que os estudantes desta modalidade defendam o aprendizado e a experiência obtida durante o curso. “O papel do aluno é ser firme e mostrar para o empregador na hora de uma entrevista o quanto esse curso EAD foi importante para a vida dele”, explica Dias.

 

 O outro lado da moeda

Se por um lado o EAD ainda sofre resistência, por outro ele vem crescendo muito ao longo dos anos. Segundo dados do Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), entre os anos de 2009 e 2013, a modalidade cresceu 37,5%, no Brasil.

A conquista desse espaço não se restringe ao ensino superior, mas também nos investimentos da qualificação profissional. Para garantir a capacitação constante de seus colaboradores, muitas organizações nacionais e internacionais investem em cursos e treinamentos online.

De acordo com o Censo EAD.BR, desenvolvido pela Associação Brasileira de Educação a Distância (ABED) em 2013, a expectativa de 82% dos respondentes é que as matrículas em cursos online corporativos devem aumentar nos próximos anos.
 
Além disso, o próprio fato dessas empresas investirem em cursos online para a formação de seus funcionários já é um indício de que essas organizações acreditam no EAD.

 

Validade do diploma

Para ser autorizado, um curso superior EAD passa por um rigoroso controle de qualidade por parte do MEC, assim como os cursos presenciais.

São avaliados itens como a qualificação dos professores, a infraestrutura (tecnológica e dos polos de apoio), os recursos didáticos e pedagógicos e o cumprimento da legislação educacional vigente no país.

Pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (1996), o diploma EAD obtido em um curso superior reconhecido pelo MEC vale tanto quanto o presencial e, também, serve para comprovar o nível de escolaridade.

Mas lembre-se: para garantir que seu diploma terá validade no mercado, é fundamental escolher um curso reconhecido pelo MEC. São inúmeras as instituições credenciadas e a oferta de cursos superiores a distância cobre todas as regiões do país.

Estude na comodidade de seu lar, tenha flexibilidade do seu tempo, conquiste o seu certificado de pós graduação

Parceiros

Faculdade ISEIB
Universidade Candido Mendes

Contato

Mais informações ligue:
31 (9)88014479 (Oi) - WhatsApp
31 (9)93909778 (Tim)
31 (9) 7590 8500 (Tim)